Lifestyle

O dia que eu decidi ser mais eu e menos os outros

large (30).jpg

15 de março de 2017. Se eu me lembro bem era uma quarta-feira. Aqui na cidade tem “a praça da águia” com um gramado enorme com uma estátua de uma águia bem no meio. Eu me sentei ali e fiquei sentindo o vento bater no rosto. Nada fazia sentido na minha vida e eu me peguei pensando que por muitos e muitos anos eu acreditei que deveria ser uma versão menor da pessoa que fui criada pra ser.

Nunca me encachei em lugar algum. Nunca fui bem na escola, nunca tive muitos amigos, as situações nunca pareceram me favorecer. Nunca me destaquei em nada, fiz escolhas seguras e deixei de me arriscar. Sempre me senti uma síntese da minha capacidade de ser.

Eu lembro que fiquei sentada ali por quase duas horas e quando me levantei prometi a mim mesma que mudaria a forma como estava levando a minha vida. Não dá pra agradar o mundo e me agradar. Resolvi chutar o balde e cruzar as linhas.

Sabe aquele sapato que é lindo, mas aperta os seus dedinhos e te faz andar que nem uma pata? Minha vida era assim. Sapato apertado machuca assim como desperdiçar a sua vida pra ter aprovação dos outros. Chega uma hora que a gente cansa de tentar fazer parte da rodinha dos amigos, do pessoal do trabalho, de ser o destaque da família.

Eu tô bem longe ainda de caber no mundo e de decifrar todos os enigmas da vida, mas hoje eu sou bem mais eu. Não sou mais uma sinopse, estou escrevendo o meu livro.

Tenho certeza que da forma que for vai ser bonito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s